Setor de satélites com a sociedade brasileira durante a pandemia

Nesta crise sem precedentes pela qual passa o mundo, a Associação Brasileira das Empresas de Telecomunicação por SatélitesABRASAT – em nome de seus associados, ratifica o compromisso inabalável do setor em manter a continuidade dos serviços proporcionados pelos satélites no Brasil e contribuir para conter a expansão do COVID-19, preservando a saúde e o bem-estar de todos.

O decreto presidencial no. 10.282/20 incluiu os serviços de telecomunicações e internet entre aqueles essenciais para a sociedade. Nesse sentido, estamos apoiando o governo federal, assim como os governos estaduais e municipais, na garantia da manutenção de serviços de comunicação e internet para todo o país.

A ABRASAT e o SINDISAT estão participando ativamente do comitê criado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e ComunicaçõesMCTIC – para preservar e garantir serviços de comunicações por meio do projeto “Rede Conectada para Todos”, que inclui a iniciativa coordenada pela RNP de atendimento de 16.202 Unidades de Saúde da Família do Ministério da Saúde. Com satisfação podemos comentar que a tecnologia satélite foi a única capaz de ofertar serviços para atendimento de 100% das USF em todo o território nacional e aguarda a decisão final do Ministério da Saúde para definir quais localidades serão efetivamente atendidas por esta tecnologia.

Os satélites também têm papel fundamental na difusão de informação atualizada para todo o território nacional a partir da disponibilização de sinais de TV, comunicação de dados, voz e transporte das redes móveis terrestres.

Naturalmente com a situação de pandemia os índices de audiência de televisão têm crescido em todas as plataformas disponíveis e nossos clientes operam 24 horas por dia contando com a estrutura dos satélites de comunicação geoestacionários que cobrem o Brasil, e que funcionam como plataformas espaciais com a capacidade de distribuição em broadcast para levar a informação de um único ponto para todo um continente.

Outra importante função da tecnologia de satélite é a observação terrestre. A observação do território brasileiro produz dados que podem lançar luz sobre mudanças sociais e econômicas que estão ocorrendo atualmente.

A ABRASAT e seus associados seguirão atuando para auxiliar a sociedade e o governo, garantindo os inúmeros recursos que a tecnologia de satélite oferece e assim fazendo a sua parte neste momento crítico de esforço conjunto em nosso país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *